PROJETO REDAÇÃO 2014 – BANCA CORRETORA

 Em Colégio Monte Castelo
91504122014175950

Segundo o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), no ano passado, em 2013, foram corrigidos 5.049.248 textos, do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Destes, 481 tiraram nota 1.000. Em branco foram 32.991 e outros 73.751 foram anulados, totalizando 106.742 redações com nota zero. Tais dados evocam a emergência de um trabalho intensivo e efetivamente produtivo, que leve em consideração as necessidades individuais de nossos alunos. Pensando nisso, a equipe de Linguagem do Colégio Monte Castelo, formada pelas professoras Ester Barros, Meire Amorim e Ruteléa Cavalcante, compõe uma banca avaliativa que visa possibilitar o aprimoramento da produção textual.

Em consonância com os critérios adotados pelo MEC (Ministério da Educação), na correção das redações do ENEM, a avaliação das professoras implica nota e comentários individuais, levando em consideração o desempenho de cada aluno. Cabe ressaltar, entretanto, que os mesmos critérios também atendem às exigências dos vestibulares que, de modo geral, verificam o domínio da norma culta do idioma, a compreensão do tema,a clareza nas ideias e a capacidade de redigir um texto com a estrutura solicitada.

Destinados aos alunos concluintes do Ensino Médio, o sistema de ensino ÉTICO, disponibiliza simulados nos moldes do ENEM. Esses simulados são aplicados em horário alternativo e corrigidos pela banca supracitada. Cada avaliadora atribui uma nota entre 0 (zero) e 200 (duzentos) pontos para cada uma das cinco competências, e a soma desses pontos compõe a nota total de cada avaliadora, que pode chegar a 1000 (mil) pontos. Ressalta-se ainda, que cada professora avalia a produção textual do aluno de forma independente, sem que uma conheça a nota atribuída pela outra. Pretende-se, dessa forma, oferecer aos nossos discentes concluintes do Ensino Médio, um trabalho de excelência, que atenda suas necessidades individuais.

Nós somos aquilo repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito”. Aristóteles

Posts recentes

Deixe um comentário